amandasouzah
Quando era pequena ia ao dentista e ele dizia “se estiver doendo, avise”, mas eu sofria quietinha. Virou costume, se for pra sofrer, eu sofro sozinha. Odeio incomodar, não há sensação que mais perturbe que me sentir sendo um peso. Prefiro sofrer em silêncio, descabelada, de olhos inchados, nariz vermelho, de pés descalços, no refúgio do meu quarto. A dor tem que ser sentida, então que seja apenas por mim.
A menina e o violão  (via requiz)

O q fazet qdo parece q tudo está perdido? Já tentei morrer, mas fui covarde demais.pra.isso. já tentei ser prática, moderna, descolada… Tudo q eu queria era ter vc comigo, tudo q eu queria era saber q posso contar com vc. Mas isso eu nao posso. Entao vou tentar nao pensar mais em vc. Vou deixar a vida me levar pra onde ela quiser… como ê triste ser só.

outrosuicida

Uma psicóloga estava andando de um lado para o outro em sua sala de aula, enquanto falava para os alunos do tema de como lidar com os problemas da vida. Quando ela se aproximou de sua mesa e pegou seu copo de água, todos na sala certamente esperavam que ela fosse fazer a clássica pergunta do ‘copo metade cheio ou metade vazio’. Em vez disso, com um sorriso no rosto, ela perguntou: “Qual o peso deste copo d’água?” Os alunos responderam: “Em torno de 500 gramas.” Ela falou: “O peso absoluto não importa. O que importa é quanto tempo você vai segura-lo. Se eu o seguro por um minuto, isso não é um problema. Se o seguro durante uma hora, eu vou ter uma dor no meu braço. Se o seguro durante um dia, meu braço vai sentir entorpecido e paralisado. De todo o modo, o peso do copo não muda, mas quanto mais eu segurá-lo, mais pesado ele se torna.” Ela continuou: “Os problemas e preocupações da vida são como um copo de água. Pense sobre eles por um curto tempo e nada acontece. Pense sobre eles um pouco mais e eles começam a machucar. E se você pensar sobre seus problemas e preocupações o tempo todo, você vai se sentir paralisado - incapaz de fazer qualquer coisa.” Lembre-se de sempre colocar o copo na mesa.

outrosuicida:

Fonte: Quora.com

carpinejando
Eu não me sinto feliz, não em muito, muito tempo, não me sinto realizada ou essas coisas que as pessoas costumam dizer. Eu sinto que falta algo, há um vazio ou um excesso, mas não sei como encontrar a parte que falta ou como excluir da minha vida o que sobra. Eu reconheço que isso não é bom, mas de um jeito estranho parece que eu estive vazia durante tantos anos que mesmo estando cheia agora, talvez até transbordando, ainda sim pareca faltar algo. Algo que eu preciso encontrar rápido, porque a qualquer momento eu sinto que vou explodir, ou me perder e ambos estragos serão difíceis de concertar.
Carpinejando. (via carpinejando)
raiocigano
gocherrygo:

SOBRE A SAGRADA MONTANHA  “Sobre a sagrada montanha eu ouvi o grito do sagrado lobo,  vindo para nos ensinar a sabedoria dos antigos.  Ensinado-nos a ajudar as crianças de nossa Mãe-Terra e  dando-nos a compreensão da vida.  Eu vejo o veado na floresta tão perto enchendo nossos corações com Amor e abolindo todos os nossos medos.  Eu sinto o vento sobre minha face trazendo  as mudanças de um lugar sagrado.  Eu vejo as estrelas no céu que iluminam o caminho para onde um dia voaremos.” *Oração xamã em gratidão a vida e pela compreensão do verdadeiro amor e da alma”
 
     

gocherrygo:

SOBRE A SAGRADA MONTANHA

“Sobre a sagrada montanha eu ouvi o grito do sagrado lobo,
vindo para nos ensinar a sabedoria dos antigos.

Ensinado-nos a ajudar as crianças de nossa Mãe-Terra e
dando-nos a compreensão da vida.

Eu vejo o veado na floresta tão perto enchendo nossos corações com Amor e abolindo todos os nossos medos.

Eu sinto o vento sobre minha face trazendo
as mudanças de um lugar sagrado.

Eu vejo as estrelas no céu que iluminam o
caminho para onde um dia voaremos.”

*Oração xamã em gratidão a vida e pela compreensão do verdadeiro amor e da alma”